segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

TALENTO; essa é a palavra

Se a personalidade autodestrutiva e a mídia perversa deixarem, há de vir muito mais por aí!!

9 comenta aí, amizade!:

Rodrigo. disse...

Muito boa negão!

Concordo em gênero, numero e degrau...

Genialidade e decadência?

Um pouco de Billy Holiday po´s-moderna?

Abç,

Rodrigo.

Susanna disse...

Boa mesmo, hein marido!!

E quando vcs tocarão essa?

Guilherme disse...

Realmente ...
Torço por ela.

Alice disse...

Cunhadóvisqué!

Como está a sua vida sem a minha bagunça???
kkkk

Pelo que vejo o senhor está buscando muita inspiração para compor a sua personagem no carnaval....hahahha


BjOOOOO

Vanessa Motta disse...

Amém para a loucura, para a forma desmedida,para a inconseqüência...amém para a vida!!!!

Fabiano Barreto disse...

Querida cunhada-temporariamente-ex-companheira,

A vida segue seu rumo.

Quanto à fantasia de carnaval, conforme minha reação primária, declinarei da proposta.

Afinal, eu, vestido de Amy-piranha seria como um Frankenstein vestido de bela adormecida.

Quero não, obrigado.

Bj.

Fabiano Barreto disse...

Tenho a leve impressão de que se a Vanessa fosse amiga da "Amy", disputaria (ou dividiria) as capas dos tablóides ingleses, diariamente.

rsrsrsrsrsrsrs

Diz aí, Su... Será isso efeito do ópio?

Susanna disse...

Hahaha! É bem provável, marido!

E to desconfiada de que além do consumo propriamente dito da droga, a Vanessa anda espalhando isso pela casa, convertendo em incensos, balinhas, geléia, hidratante, condicionador para cabelos cacheados e afins! [srsrsrsrs]

Bem, vamos frisar que o ministério da saúde adverte: o uso repetido do ópio conduz ao hábito, à dependência química, e a seguir a uma decadência física e intelectual, uma vez que é efetivamente um veneno estupefaciente.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Só aqui pra se fazer isso, não?

Fabiano Barreto disse...

Dessa maneira saudável, acho que só...