sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Sarney, Temer e seus comparsas custam caro


"Estudo realizado pela ONG Transparência Brasil em 2007 demonstra que comparando o orçamento do Congresso Nacional do Brasil com os de Alemanha, Argentina, Canadá, Chile, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, México e Portugal verificou-se que o nosso país é aquele em essa instituição mais custa caro aos seus cidadãos quando se leva em conta o PIB e também a renda per capita. Já o custo por parlamentar no Brasil é de R$10 milhões por ano enquanto que na Itália é de R$3,9 milhões, na França R$2,8 milhões, na Espanha é de R$850 mil e na Argentina é de R$1,3 milhões".

Fragmento extraído do blog do Erik Schunk.

2 comenta aí, amizade!:

guilhermina disse...

Dá pra ser feliz? Só alienado!!!!!!

Obrigada pelas visitas e pela indicação da esquina do desacato aqui, entre outras banalidades. Fiquei até mais leve!
"Inté".

Fabiano Barreto disse...

Guilhermina,

seja bem-vinda.

Cá está e ficará a tal da esquina, com muito gosto.

Quanto às banalidades, divirta-se!

E obrigado pela visita!!

Um abraço!