sexta-feira, 13 de março de 2009

Tinha que ser ele!


"Todo Brasil era fiscal do Sarney. Nada poderia aumentar, então faltava tudo que queria aumentar.
Era fila da carne, do frango, dos ovos, do leite, etc....
Fartava tudo.
Me recusava a entrar em fila, mas o tal ovo fazia falta nos lanches rápidos.
Então resolvi criar galinha lá em casa, no 8º andar.
Apesar de ter explicado ao homem da loja que só queria fêmeas, vieram dois galos no grupo de 8 pintinhos.
E logo eles se desenvolveram, e foram morar no quarto de empregada.
Como saia muito cedo, e voltava muito tarde, não imaginava o reboliço que meu galinheiro criou no prédio.
Certo sábado, logo após entrar no elevador, um de meus galos cantou bonito.
Havia um casal de idosos comigo, que automaticamente fez o comentário:

“...veja que absurdo!!! Criam galinha no nosso prédio!!!!”



O velhinho então retrucou:

“...mas isto logo vai acabar, pois montamos uma comissão para investigar o paradeiro destes animais na última reunião de condomínio”

Para não ficar por baixo na indignação exclamei, “em plena Copacabana!!!!”

Então percebi o tamanho da confusão.
Logo fui procurado por um dos zeladores do prédio, que por agradecimento as doações de resto de comida ( Pizza e chinesa ) me jurou fidelidade e disse que nunca me entregaria ao sindico.
Agradeci, meio cabreiro e vendo que teria que sair com o galinheiro do prédio.
Logo fiz uma “doação” à escola da Rebecca, minha filha, das penudas lá de casa, rssss.
A operação da saída do apartamento na madrugada, com a participação do vigia e zelador, foi coisa de cinema."

Fragmento extraído do blog do Wellington Rainho.

2 comenta aí, amizade!:

Vanessa Motta disse...

Muito bommm!!rs

Susanna disse...

Hahahahahah!!!

Mas esse é muito bom mesmo!