domingo, 21 de dezembro de 2008

Feliz Natal

Desejo que neste Natal os cristãos lembrem de comemorar o aniversário de Jesus Cristo em lugar de se preocuparem com o gesto (materialista) de dar ou receber presentes. Àqueles que acreditam, agradeçam a ele pelo amor e infinita misericórdia que teve de nós.

E mandem o papai noel pro inferno - que é lugar digno da sua existência!

Pau no cu desse velho filho da puta!!

:):):):):)

9 comenta aí, amizade!:

Amanda disse...

Tinha que ter o @#$*&¨_+%& do palavrão,né? ai, ai...
bjus

Susanna disse...

olha, a mim parece trauma de infância, sabe?

não é possível que haja algum motivo real, concreto, palpável, pra que uma pessoa com a idade e envergadura intelectual do fabiano, autor dessa joça=blog, disponha de um ódio tão latente a esta plácida figura natalina...

realmente, fiquei abismada: "pau no cu desse velho filho da puta!!".... só pode ser trauma de infância!!

acho que o papai noel deve ter esquecido de pôr o presente na meia do fabiano algum ano desses... ou não tinha como chegar à casa dele por falta de chaminé... de repente o trenó quebrou no meio do caminho... ah, sei lá!!!

[cá entre nós, assim, reservadamente: só pode ser trauma... de infância.... daqueles bem entranhados mesmo, tipo síndrome do pânico, sabe?.... aff, já tô até vendo: anos e anos de análise pra descobrir a origem... talvez até regressão seja necessária... ou será que é caso pra hipnose? ihhhh, não quero nem pensar nos filhos desse ser!! ]



[hauhauahuahuahuahuahuahuaha!!!! - Ho Ho Ho - Feliz Natal!!!]

Guilherme disse...

Entendo perfeitamente, e ó, tem uns créditos para você lá no meu blog, meu garoto !

Pau no Cú do Noel [aeeeeeeeeee]

Rodrigo. disse...

Gostei da centralidade de Jesus de Nazaré, como marco fundante mais significativo dessa data tão banalizada... essa sim na forma atual possivelmente dispensável!

Com relação a agressão fálica ao mau velhinho, me assusta tanta braveza vindo de alguém tão pacífico. Até certo ponto, compartilho da perspectiva meio psicanalistica da Susanna (com S e 2 enes). Talvez o meu querido amigo tenha se desiludido precocemente sobre a não existência desse velhinho, arquétipo infantil da bondade e generosidade humanas.
Pois ao "crescermos" percebemos ser a "realidade" nem tão encantadora como a "história" do ancião de vermelho.

Entretanto, ainda assim, quero teimosamente perceber em meio a essa nebulosa, armada já há muito pelo capitalismo-consumista ocidental, o dia ainda claro da esperança. Mensagem central daquele que não tinha onde reclinar a cabeça. Nesse ano em que se relembra as quatro décadas da morte-vida de um dos mais belos discípulos do Nazareno (falo de Martin Luther King Jr.) e 45 anos distantes do discurso frente ao Capitólio, ainda teimo em ter sonhos alimentados pela fome de justiça e paz, que teimam em queimar em muitos corações grávidos de esperança.

Nesse Natal, vislumbre do Novo em meio ao "velho",

Eu também quero ter um sonho!

Rodrigo.

Susanna disse...

_rodrigo, mandou muito bem, meu rapaz!!

van disse...

Papai noel filho da puta!!!
è isso ai mestre...bom texto....
Meus sonhos sempre foram além de algo idiota vestido de vermelho.....
e ainda creio em seres que consigam buscar a beleza, as coisas boas além de figuras manipuladoras....

ahhhhhhhhhh...cacete....

Fabiano Barreto disse...

Queridos,

Meu objetivo foi alcançado - o de promover a manifestação de vcs todos. Afinal, esse "joçablog" só tem valor mediante a especial participação de vcs.

Feliz natal e foda-se o velhinho!!!

Fabrício Sales disse...

Vc fez um ótimo texto, me serviu d inspiração. Grande abraço irmão e feliz natal a todos os seus tb!

Susanna disse...

ahhhhhhhhhhhh!!!!

JOÇABLOG é de minha autoria!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

quem sabe com esse slogan vc não abocanha novos leitores.... boa oportunidade de aumentar em PG seu market share!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

[Movimento VIVA O PAPAI NOEL!!]